Avançar para o conteúdo principal

Alguns momentos deste ano...

Sem Grandes saidas este ano, ficam alguns apontamentos e registos dos momentos que passei:






Tirados à bóia com Pilado:
2,2kg
1,85kg
0,850gr













Apesar de muito más as imagens, foi um espectáculo digno de ser visto, na qual, nunca tinha assistido. Um fartote de Chocos juto da luz, alguns capturados com camaroeiro
























Apenas uns momentos, numa tarde de domingo, passados no Molhe Norte. Apenas dois robalotes capturados que foram devolvidos...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

José Afonso, numa opinião de carretos para surf-casting...

O dia em que conheci o Zé! Na sua praia... Figueira da Foz, num encontro de um fórum de pesca...


O seu nome, dispensa quaisquer tipo de apresentações... Este é daqueles... que todos nós agradecemos a sua presença num qualquer lugar, e, se se falar de pesca, melhor ainda! Evidente que este meu espaço, fica mais rico... mesmo que, tenha tirado o seu artigo de uma revista de pesca. E para compor melhor este artigo, nada melhor que juntar o seu vastíssimo currículo de competição....
Desde já Zé, o meu muito obrigado sempre pela tua disponibilidade! Vai um abraço! 

Os carretos de Surf-Casting, dicas…
Os carretos de a utilizar devem ser carretos que não fiquem desequilibrados nas canas que possuímos e indicados para o surfcasting. Como características principais devem ter força, um bom enrolamento de fio na bobine e bobines largas para uma boa saída de fio.

Uma recordação...

Decorria o ano de 2008, quando pela primeira vez, decidimos ir à Galiza à bóia. Um pouco às escuras, enverdamos por um pesqueiro nunca antes explorado por nós. Dei com o peixe assim que lá cheguei, mas foi sol de pouca dura... Só ao final do dia, é que voltei a sentir qualquer coisa mais. Nada de extraordinário, mas, para o efeito, foi muito bom. Na companhia do Humberto e do Telmo, deixo as fotos para confirmar o bom ambiente... e o local de sonho!





Enguias de viveiro

Aproveitando mais uma bela almoçarada (arroz de Lampreia) na marinha da Boca Torta, no final, uma das pessoas que lá trabalha, deu-nos a oportunidade de ver algumas Enguias que por lá habitam.