Nem o frio lhes tirou a vontade...

Eu como ando afastado destas coisas, nada melhor para ir enchendo este meu espaço com umas coisas boas... mesmo que a imagem não seja das melhores.
Enviado pelo meu caro amigo Humberto, numa noite que nem a mim me fazia sair de casa.

5Kg e 3,5kg respectivamente. A par destes, o colega dele tirou um 5,5kg. É motivo para dizer uma asneira: que lixe (com f...) o quentinho.
Tirados à bóia com camarão vivo.

Parabéns Humberto, também já merecias umas coisas boas pela tua (vossa) persistência...


Comentários

Anónimo disse…
Belos barrotes, espetaculo.
Com trofeus desses, nao é frio que
mete medo. Quem me dera.... :)
Pedro Nunes disse…
Oh Pedro!
Isso com uns cabeçudos desses ñ ha frio k entre pá :))
Abraço
Sérgio Tente disse…
Boas,

Belos exemplares.
Realmente o tempo não está para grandes nocturnas e portanto ainda dou mais valor a esse pescador pela coragem. Foi bem recompensado.

Abraço
Pedro Galante disse…
Sou sincero, sonhar com peixe em dias assim, não passa pela cabeça de ninguém. Lembro-me que nessa noite, para além do frio, o vento de nordeste que se fazia sentir era insuportável! Mas como sempre, a pesca e os peixes, têm destas coisas, não marcam hora nem local e o factor surpresa, é das melhores coisas que este "desporto" nos proporciona. Como dizia o já falecido meu amigo e companheiro de pesca Ferrão, é preciso é lá estar...

Abraço aos três, e gratos pela vossa visita.
Humberto disse…
Sem dúvida Pedro que o importante é lá estar e como já falamos o mês corrente tem-me surpreendido bastante pela positiva desde o primeiro dia do ano. São estes pequenos pormenores que nos fazem perder noites e ao mesmo tempo esquecer todas as condições adversas que se fazem sentir. Tudo em prol do desporto que tanto gostamos.

Grande Abraço,
Humberto.