janeiro 15, 2011

CONCURSO DE PROLONGAMENTO DO MOLHE NORTE PODERÁ AVANÇAR ATÉ MARÇO



José Luís Cacho acredita que o prolongamento do molhe norte poderá avançar para concurso no primeiro trimestre deste ano. O administrador do Porto de Aveiro reconhece que este projecto tem merecido trabalho de equipa com o Ministério do Ambiente pela delicadeza da intervenção que significa o prolongamento do molhe em 200 metros. Ao que tudo indica, a solução final poderá estar próxima. “Estamos em fase final de trabalho com o Ministério do Ambiente. Acredito que haja condições para, no primeiro trimestre, lançar o concurso da obra. Sem essa obra todos os investimentos que temos não serão viabilizados. Essa obra permite melhorar a capacidade do porto em termos de navios, em termos de segurança marítima e acesso a novas cargas. Continuar a crescer depende desse projecto e se o porto não crescer não será viável”, alerta José Luís Cacho em declarações à margem do encontro com militantes do PS numa tertúlia sobre o Porto de Aveiro.


Fonte: Rádio Terranova



4 Comentários:

Pedro Nunes disse...

Boas Pedro!
Isso é k é uma boa noticia hammm!!! Mais 200m de molhe p pescar, kualker dia precisas duns binoculos p veres terra...
Era disso k nos precisavamos aki n algrave, ñ so p pescar mas tambem para aguentar as areias nas praias, depois ñ kerem k as barras fechem e a erosão va roubando metros todos os anos a praia....
Abraço

Miguel de Solorobalizas disse...

He estado en Aveiro un par de veces y me encantó. Espero que esa ampliación se consiga hacer rápido y os dara mucha vida en la zona, con la entrada de barcos de mercancias más grandes.

Un saludo

Pedro Galante disse...

Olá Pedro!
Agradeço a mensagem!
Mas esta ideia de aumentar o molhe, só será benéfica mesmo para O "comércio"... Quanto à pesca apeada, não sei... ou quer dizer, sei. As minhas praias mais perto (Barra e Costa Nova), sofreram com os dois molhes construídos, isto na questão da frequência do peixe por estes lados. Acho mais que serão praias de "criação". Tem alturas de muito peixe, mas estamos a falar de peixe realmente muito miúdo. A construção dos molhes Sul e Norte, veio fazer com que a corrente marítima vinda de norte, passe muito distante das nossas praias, consequentemente, será onde se pode encontrar mais concentração de peixe. Teve e tem um outro inconveniente, o assoreamento desta zona costeira, pelo menos até à Vagueira, onde as extensas praias de areia de antigamente, hoje dão lugar só a água e às dunas que em alguns lados, estão a sofrer um desaparecimento a cada ano que passa. Nem com o processo de dragagem feito na boca da Barra para estas obras, visto que as areias foram "descarregadas" nestas praias, o efeito surtido foi o melhor. Bastou um ano para que a suposta areia tivesse desaparecido. Quanto ao molhe, vamos ver como ficará. Pelo menos mais fundo vai ficar, logo, uma vantagem... Mas até lá, muita areia e água ainda vai escorrer, porque esta obra já era para ter começado pelo menos no ano passado. Como somos Portugueses, um dia ela ficará concluída, quando? Isso é que nunca se sabe.

Grande abraço

Pedro Galante disse...

Hola Miguel!

Al volver aquí, me informa, me alegra saber de ti!
Yo preferiría que "mi" ria fosse mas tranquila...assi los peces se mantenían tranquilos tambien... Seguramente sería mucho mejor para nos, los pescadores.

Um abraço para ti! E Gracias pela mensagem!

> Ir ao Fundo Ir ao Topo